sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Casa. Um ano depois.


Cof, cof. Ahn, preciso tirar um pouco da poeira que está vagando pelo meu mundo virtual disfarçado de biblioteca gigante maior por dentro. Há quanto tempo não apareço por aqui? É, desde agosto de 2014, o que soma alguns meses do ano, pois já estamos em dezembro, e eu não tô afim de ficar fazendo contas.

Bem, da última vez escrevi alguns contos - coisa de sempre. Também falei um pouco sobre a minha vida em Florianópolis, lá por março. Agora estou aqui para fazer um resumo geral do que anda acontecendo mas, o mais importante, sobre quais são os meus planos. Já adianto que não tenho planos.

Certo, estou em férias do segundo semestre da faculdade, o que significa que no próximo ano vou entrar na reta final do curso. Claro, ainda tem mais meio ano em 2016, mas não deixa de ser um pouquinho assustador. Já fiz faculdade antes, então o ritmo e as avaliações e a maneira de estudar não é muita novidade para mim, exceto o TCC, que na verdade não estou tão preocupado. Além disso, fazer fotografia significa: ter um trabalho de conclusão em texto e ainda uma apresentação de portfólio, com as fotos feitas durante o curso. Tranquilo - sério, uma vez me preocupava em ficar em público e ter medo e ficar nervoso. Acho que a parte mais chata em tudo isso é a formatura.

Voltar para casa é maravilhoso. Só eu sei como senti falta do meu quarto, das minhas coisas, de poder estar quietinho no meu canto e poder ouvir um pouco de silêncio da paz. Além de que esse espaço que fiz incentiva muito na minha criatividade, e percebi só agora, voltando. É um ambiente muito bom para se estar. Para quem não sabe do que eu estou falando:


Enfim, agora a minha meta é assistir filmes e séries e fazer tudo o que não consegui durante o ano, mas também planejar o que pretendo fazer para 2015. Isso depende de alguns pontos se acertarem, os planetas alinharem e a sorte ser grande. Vamos aguardar por isso.

Até poderia prometer mais atualizações aqui, só que a preguiça é maior que a vontade de digitar.

Desculpe pelo texto sem graça, estou só pensando em The Librarians.

Nenhum comentário:

Postar um comentário