sábado, 9 de fevereiro de 2013

Meu nome NÃO é Jonas

Em algum momento da vida alguém vai errar a forma de falar ou escrever o seu nome, ainda mais se ele é complicado e meio estranho. Mas, e se você passa toda a sua existência sendo chamado de uma maneira pelos seus conhecidos e, ainda assim, existem pessoas ao seu redor que não fazem ideia de qual é o seu nome? Bom, seja bem-vindo ao meu mundo.

Eu sou o Jonathan e com ele vem acompanhado um lindo sobrenome 'Holdorf'. Combine os dois e crie um verdadeiro puzzle impossível de ser resolvido. Tomei como iniciativa soletrar para facilitar o trabalho do sujeito que está escrevendo. É escola, faculdade, preenchimento de formulários... ninguém acerta exatamente. Existem as incríveis gafes como: Dionatan, Jonatas, Jonatan, Djonatan, Jonatham, JONHATAM (esse marcou, porque foi feito por uma professora no quadro negro cheio de poeira de giz). A lista é infinita, mas não me preocupa, desde que não me chamem de JONAS.

Eu prefiro estar na barriga da baleia do que ser chamado assim. Veja bem, caro leitor deste maravilhoso império de textos, eu não acho o nome Jonas feio. Apenas não gosto que confundam a minha nomenclatura com qualquer outra. Claro, depois que o engano se espalhou por todos os estados do Brasil, até mesmo os meus amigos mais próximos começaram a me chamar assim, mas aí era por pura zoação. Isso eu entendo perfeitamente e até levo na brincadeira. Olhe só um exemplo de tuíte auto-avacalhativo:

Enfim, são pequenos problemas babacas que nós costumamos nos importar sem qualquer motivo. No final das contas eu nem dou mais bola e finjo que todos estão falando Jonathan corretamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário