sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Numa toca no chão vivia um Hobbit... E eu fui visitar ele

Meu querido Frodo... faz muito tempo que não conversamos, não é mesmo? Estou aqui para lhe contar uma história bem supimpa que andei participando quando a minha coluna não estava atrapalhando e quando os pelos dos meus pés não eram brancos. Conheci criaturas bem feias, achei um anel muito estiloso e conversei com um vovô que faz ia uns feitiços alucinados. Tem gente que confunde ele com o Dumbledore, mas aí eu acho que essa é uma história completamente diferente.

Eu sei, esse foi o melhor parágrafo de introdução que eu já fiz para os meus textos. Pode falar aí. "O Hobbit" é um filme que estou esperando há muito tempo, desde o dia que terminei de ler pela primeira vez a obra do amigo J. R.R Tolkien, pois foi mais ou menos nessa época que anunciaram o início da produção. É óbvio que eu teria que ir no cinema para ver o que Peter Jackson tinha preparado. Gostaria de alertar que isso não é uma review e também que eu nunca vi ou li "O Senhor dos Anéis". Sou apenas um rapaz que ficou muito fã do livro "O Hobbit" e que quis assistir a adaptação na telona.

O cinema da minha cidade tem a mania de atrasar na busca pelos lançamentos de filmes. Então já demorei vários dias até conseguir, finalmente, sentar naquela enorme (!!!) sala e sentir o cheiro da pipoca que os outros comiam. Acho que entrou em cartaz aqui em Erechim no dia 21 de dezembro e eu pude ver no dia 26. Além dessa demora imperdoável, o cinema daqui foi construído ainda no tempo que passavam filmes mudos, porque é uma tranqueira sem tamanho. 

"Mas você poderia ter ido em outra cidade para assistir"

Não. A minha vontade não chega ao ponto de cruzar fronteiras. Mas até que não me irritou muito a qualidade da imagem, porque dava pra assistir tranquilamente. O que me deixou meio nervoso foram os jovens que têm mania de conversar e levantar bem na hora que o negócio está passando lá na frente. Além de uma criança que ficava chutando a poltrona. SENSACIONAL!!!

Agora vamos falar sobre o filme: muito legal. Lindíssimo. A beleza dos cenários, direção, do GOLLUM, é extraordinária. Não tenho uma crítica sequer para a obra e, ao contrário do que muitos falaram, o filme não pareceu lento em nenhum momento. Passou voando e eu nem percebi que já estava terminando.

A minha cena favorita obviamente foi "Riddles in the Dark", because of reasons. Comprei até a camiseta na Nerdstore e fui uniformizado para assistir o filme. Até vi uma outra galera com a mesma roupa lá.

Era isso, amigo e amiga que lê esta página, o que você achou de "O Hobbit"?

Nenhum comentário:

Postar um comentário