terça-feira, 17 de abril de 2012

Ontem terminei meu curso de inglês

Eu me lembro como se fosse ontem quando vieram até a minha casa fazer uma entrevista para ver se eu estava apto a entrar no curso de inglês. Ao contrário de muitas escolas, a TopWay segue com fidelidade o seu método de ensino, dando foco total aos que REALMENTE querem aprender, falar e sair entendendo tudo o que é dito no idioma da Rainha. De nada adianta querer aprender uma nova língua buscando apenas o status, até porque mudar no Facebook que você é poliglota não vai mudar o fato de ter de encarar o real desafio de se comunicar com algum estrangeiro.


Eu já escrevi muitas vezes sobre o curso aqui e quem leu sabe mais ou menos do que eu estou falando. A coisa é diferenciada, você aprende mesmo, entende tudo, larga mão de legendas traduzidas e tem a oportunidade de ler um livro em Inglês. Não vou entrar em metodologia e nem nada disso, porque não estou fazendo propaganda para ninguém. Quero falar como foram as experiências que eu tive nos 18 meses em que aprendi naquelas salas de aula coloridas.


Fazer um curso de inglês bom não é só ficar em casa fazendo os exercícios ou indo para a aula e depois saindo para o mundo como se nada tivesse acontecido. Nem é tentando burlar a metodologia, o que é muito idiota para quem está pagando para aprender. É necessário manter contato, continuar querendo adquirir o conhecimento. E isso eu pude presenciar. Eu tinha aulas (3h por semana) e também fui em eventos que permitiram melhorar a minha fala, escrita e audição. Fiquei durante 48h em um hotel fazenda falando somente inglês, que até parecia estranho quando fomos permitidos voltar a conversar no idioma nativo quando retornávamos.

Fico muito feliz em ter entrado em um curso que não vou me arrepender nunca e, melhor ainda, que me incentivou a procurar novos meios para aperfeiçoar cada vez mais o que eu aprendi. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário