sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

A incrível experiência do banho no barro

Não sei se vocês sabem, mas em meu feudo chamado Erechim temos uma grande falta de chuva. Na verdade, até choveu há alguns dias, mas foi tão pouco, mas tão pouco que não deu nem tempo de piscar, pois a água havia secado. A situação está triste, não somente em Erechim, em todo o Rio Grande do Sul. Existem os que pensam que neste maravilhoso estado só cai neve e faz frio, o que eu realmente não concordo, já que vivo aqui e o calor é pior que da África. Toda essa situação de falta d'água e desespero por um copo bem gelado me fez tomar banho no barro.

A medicina prova a cada dia que deitar em banheiras cheias de terra fazem bem para a saúde, portanto eu não podia perder a oportunidade de deslumbrar deste maravilhoso presente que a escassez está proporcionando. Na manhã desta quinta-feira, ou seja, ontem, este que vos escreve estava se preparando para mais uma jornada labutal (existe isso?). Como um cidadão que tem respeito pelos outros, fui-me logo para o banho e deparei-me com absolutamente nada. Oh, santinho querido, pensei com os botões da minha roupa do armário, porque estava me preparando para tomar banho, então não haviam roupas disponíveis para conversar com botões. ENFIM, abri, abri, abri o registro e saía alguns pingos. Fiz um esforço e consegui passar meus sais perfumados em minha banheira cheia de espuma (risos).

No final da tarde, ao voltar para a minha residência, fui informado por meus colegas de casa (família) que só tinha terra saindo da torneira. Sensacional. A melhor notícia que poderíamos ter e o legal é que ninguém toma qualquer decisão sobre essa porcaria. Eu fico imaginando a galera que toma direto da torneira essa água, coitados, terão uma forte dor de barriga. A verdade é a seguinte: isso acontece todos os anos, exatamente como as enchentes em São Paulo, Rio de Janeiro e demais estados. Enquanto uns estão afundados na lama, outros tomam ela. 

Se essa história não terminar logo, irei até a frente da minha casa e começarei a vender água suja como se fosse suco de tamarindo. Farei rios de dinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário