segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Falta praticamente um mês para o início do outono

Existem momentos em nossas minúsculas vidas que apenas parecem um sonho que há muito tempo não aparece. Não faz muito tempo que meu subconsciente narrou uma história em meu cérebro, porém fui deixando-o passar e no final das contas consigo somente lembrar de alguns pedaços, o que é muito frustrante. O épico acontecimento que inundou meus neurônios durante uma noite inteira passou-se em uma fazenda, cuja tarefa dos herois era salvar o local que estava amaldiçoado (não lembro quais eram as pragas, infelizmente), porém eles deveriam fazer algumas coisas para impedir. Eram três maldições e eu só lembro uma: havia um lago enorme envolvido por belos campos com grama muito verde, apenas eu e mais um outro rapaz estávamos vivos, porque os outros morreram durante as outras tarefas que não conseguimos cumprir. Só sei que este lago iria engolir toda a localidade se não descobríssemos como parar, mas infelizmente acho que não funcionou, porque acordei (provavelmente morri no sonho).

Esta é a sensação que temos durante as estações do ano. O inverno, por exemplo, me parece algo tão distante quanto um sonho que pouco lembramos. Depois de passar meses fervendo no calor, tudo parece improvável, você acaba não acreditando que um dia fez frio. Mesmo que aquilo seja apenas um sussurro em seus ouvidos, a vontade de sentir o verão tendo um fim é ótima. O grande desafio é a espera.


Estamos com menos de trinta dias para que o pesadelo acabe e isso me faz pensar que eu preciso de roupas novas para a estação mais bela. Mesmo não sendo o maior fã do outono, ainda assim é muito interessante vivê-lo, porque as temperaturas vão baixando aos poucos. Além das folhas que caem, presenteando o chão com lindas paisagens para Instagram.

Agora basta esperar o sonho se realizar e termos novamente todas as temperaturas negativas para banhar meus pensamentos mirabolantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário