terça-feira, 29 de novembro de 2011

Por que diabos os produtores matam as histórias dos livros?

Ser fã de uma obra literária e ver ela sendo passada para as "telinhas" é uma das coisas mais legais que existem em todo o universo que os seres humanos vivem, quando bem feito. Vejo zilhares de vezes pessoas reclamando que a adaptação não foi bem feita, ou que partes faltaram, até mesmo que inventaram coisas que nem ao menos são citadas na estória - ou história, se você não sabe o que a primeira significa. 

Quantos filmes já foram lançados e tiveram este problema, não é mesmo? Muitos dizem que o motivo disso acontecer, é porque a televisão não tem os recursos necessários para transformar um livro em uma representação fiel do que fora escrito. Besteira. Se você contrata alguém para produzir, pelo menos invista em algo que valha a pena. Exemplo: HBO e "Game of Thrones". O livro é incrível, nem a minha cabeça tem tanta criatividade para imaginar todos os cenários e personagens, mas a HBO consegue. Eles tornaram a série em algo tão genial quanto a obra de George R.R. Martin. 

Outro dia li toda a saga de "Percy Jackson e os Olimpianos" e, como um rapaz envolvido com a história, fui procurar assistir o filme. Nossa senhora da produção ridícula, aquilo virou um dos clássicos de Sessão da Tarde. Horrível, inventado, personagens sem nenhuma característica sequer parecida com o livro. Estragaram.

Harry Potter tem os filmes bem legais, gostei de todos, mas também peca em algumas partes, corta pedaços e acrescenta outros. Nada de horrível.

Já "Laranja Mecânica" é outro exemplo de uma coisa muito bem feita, absurdamente sensacional e até indico ver o filme antes de ler, pois torna a leitura mais fácil. Por outro lado, ouvi e li que "The Walking Dead" está tornando a série algo totalmente diferente do que são os quadrinhos, o que é uma droga, pois o legal é seguir o texto original.

Fica o apelo: não façam mais cagadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário