segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Luz


Não faz nem uma semana que um temporal passou por Erechim e deixou marcas um tanto quanto feias pela cidade e região. Ventos fortes que levaram árvores, casas, e destruiram uma boa parte do patrimônio desta localidade. Muitas pessoas ficaram sem luz por causa do temporal. Postes caíram, cabos arrebentados.

O primeiro parágrafo deste texto serviu de introdução ao assunto que eu quero comentar hoje, infelizmente ele foi o motivo de uma boa parte da população não ter energia elétrica. Portanto, a ideia não é comentar catástrofe, porque todos sabemos o quanto muitas famílias sofreram com isso, e sim, abordar as dificuldades que nos encontramos quando vamos conectar algo na tomada e não funciona. 

Foram dois dias extremamente irritantes, porque você não é capaz de fazer nada sem luz: andar pela casa durante a noite, aí você vai no quarto, aperta o botão de acender a lâmpada e nada acontece. Sem televisão, sem internet para se informar. Fazia muito tempo que eu não ficava dependente somente do jornal para saber das notícias do dia anterior. 

Pelo menos consegui terminar de ler uma coleção de livros em menos de uma semana. Pegava a lanterna e iluminava as páginas enquanto praticava este ato cultural muito saudável para os nossos cérebros. 

Tomar banho gelado também foi uma experiência interessante. A sensação era a mesma de entrar em um lago congelado em pleno inverno. Uma delícia.

Mas não vou dizer que tudo isso não foi divertido também. Pude ter a experiência de ficar sem twitter, redes sociais, sites. Exercitei a minha escrita, criando algumas novas histórias. Porém é necessário dizer que o mundo está MUITO dependente da energia elétrica, não é mais possível ficar sem.

PS: 48h sem luz. Já tenho 48 anos de "Hora do Planeta" cumpridos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário