sábado, 23 de outubro de 2010

O problema chamado poder



Imagine-se ganhando na loteria, cheio de dinheiro nos bolsos e até lá onde não bate o sol, o cofre. É, agora sua conta bancária está enorme e você está cheio de “amigos” que surgiram do nada. Agora pense que você é um ator famoso ou um grande cantor, ou jogador de futebol que ganha milhões de reais por mês. Está dotado de poder, ninguém é melhor do que você.


Infelizmente a maioria das pessoas que chega a esta situação cria uma enorme soberba e acaba esquecendo todos os bons princípios que aprendeu quando ainda era “normal”. Sua cabeça agora só pensa em ganhar, ganhar e ganhar. O que você tem não é necessário, precisa-se mais, muito mais.

Este é um tipo de “poder” da nossa sociedade. Existe também aquele em que mesmo não sendo merda nenhuma e não tendo qualquer influência pra nada, se acha o dono da bodega da esquina. Só porque é popular na escola ou no bairro, fuma maconha ou bebe demais. Ou só porque faz festa sem parar e se orgulha de voltar alcoolizado para casa.

O poder está aí, cada um com o seu cada qual com suas manias e seus gostos. Uns pensando em ser os donos do mundo, outros com humildade tentando ser alguém na vida. A verdade é única: não existe alguém que não tenha necessidade de ter algo para se orgulhar. E isto, meus caros, chama-se poder.

__

Ideia de post RobertoBil

__

PS: este é o último post em dia aleatório para o projeto #1palavra, a partir da semana que vem somente teremos esta campanha na segunda-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário