sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Halloween e fantasmas: a união faz a tosca

Se existe coisa estranha e engraçada é fantasma. Não sei se é por eu não conseguir acreditar nessas histórias, ou mesmo porque ficamos tão acostumados com os estereótipos passados pelos filmes norte-americanos. Um exemplo disso é o famoso – e tosco – “Caça Fantasmas”. Durante a minha infância assisti esse maravilhoso trabalho umas oitocentas e noventa e nove mil vezes, aí recentemente “trocando de canal” apareceu aquilo na televisão. Parei um momento e pensei: PUTA MERDA QUE BOSTA É ESSA?


É, um fantasma que explode e deixa a cidade inteira suja de marshmallow.

Acho que é por isso que não levo essas coisas a sério (na verdade não levo nada, enfim...). Ao olhar essas matérias de Domingo Legal, mostrando espíritos em fotografias, aparições em janelas, me dá vontade de colocar fogo na TV. O pior é quem ainda acredita nisso.
-
Para alegrar vocês pequenos leitores, vou fazer outro post junto deste.

Halloween: outra coisa sem sentido. Claro, nos Estados Unidos pode até ser uma tradição, mas aqui no Brasil sair por aí pedindo doces como se fosse algo sensacional? Espera um pouco, copiar tudo também não é legal.

Aí para “comemorar” este memorável dia, os canais (como a Warner) passam o filme citado no início deste post. Dá para acreditar?

Em síntese: você pede doces no Halloween, ganha marshmallows, estes se transformam em fantasmas que explodem e sujam a cidade.

GENIAL! Como a vida é interessante, não?


Nenhum comentário:

Postar um comentário